Quais Alimentos Você pode Trazer na Bagagem? - World by 2 - Dicas de Viagem

Quais Alimentos Você pode Trazer na Bagagem?

Publicado em 26/01/2018

Além de lembranças das viagens, muita gente quer trazer na bagagem algumas guloseimas descobertas em outros países. Mas a entrada de produtos de origem animal e vegetal é cercada de cuidados. 
Saiba o que, e quanto, você pode trazer na mala.
alimentos entrar país
Desde 2016 o rol de produtos que podem ser trazidos e a quantidade por pessoa aumentaram. Desde aquele ano é possível ingressar no País com até 10 kg produtos cárneos, como presuntos cozidos ou maturados por no mínimo quatro meses, embutidos, desde que dessecados, e charque, jerked beef e tasajo, todos dessecados e salgados, em embalagens invioladas.
"É imprescindível que o produto venha embalado e com rótulo original de fabricação. É, ainda, necessário que o rótulo contenha a informação de que o produto é dessecado, salgado ou o período de cura ou maturação", informa o auditor fiscal federal agropecuário Oscar Rosa, que atua no Posto de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) do Aeroporto de Brasília.

Também é possível trazer laticínios como queijos de longa maturação – no mínimo dois meses –, doce de leite, manteiga, iogurte, leite UHT e em pó. Derivados de ovos, desde que pasteurizados, e pescados, que devem ser salgados, defumados ou eviscerados dessecados. Para esses produtos o limite é de 5 kg ou 5 litros – no caso de iogurtes – por passageiro. "A regra é a mesma usada para os cárneos. Os produtos têm de estar em embalagens fechadas e com rótulo de origem. É comum pessoas tentarem ingressar com queijos em cunhas ou pedaços cortados em mercados. Isso não é permitido", explica Rosa. Alimentos para animais de estimação também seguem essas mesmas regras de quantidade por pessoa e embalagem.

Todas as dúvidas sobre bagagem podem ser retiradas no site oficial da ANAC.
O auditor fiscal lembra que é terminantemente proibido o ingresso no País, em bagagem de passageiro, de solo, mel, produtos caseiros e de origem vegetal in natura, como flores, sementes, mudas e frutas, além de agrotóxicos e fertilizantes.
Para não ter nenhum problema, não deixe de ler por completo Itens que não podem ser levados na bagagem de mão.
Para conferir a lista de alimentos de baixo risco que você pode trazer na bagagem, clique AQUI.

Itens alimentícios proibidos

Conheça abaixo os bens de interesse agropecuário NÃO AUTORIZADOS a ingressar no Brasil sem documentação sanitária, MESMO QUE acondicionados em embalagem original de fabricação devidamente rotulada e lacrada:

• Produtos apícolas (mel, cera, própolis, etc.)
• Frutas e hortaliças frescas
• Flores, plantas ou partes delas
• Bulbos, sementes, mudas e estacas
• Artesanato com produtos de origem vegetal ou animal não processados
• Agrotóxicos e afins
• Terras e substratos
• Insetos, caracóis, bactérias e fungos
• Material biológico para pesquisa científica
• Madeiras não tratadas
• Produtos apícolas (mel, cera, própolis, etc.)
• Produtos de origem animal destinados à ornamentação
• Amostras biológicas, sêmens, embriões de interesse veterinário
• Medicamentos e produtos de uso veterinário
• Espécies exóticas: peixes e pássaros ornamentais

Veja também


*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Encontre onde ficar com a Booking.com
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!
0 comentários via Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana