Autoanálise do seu Trabalho Online - World by 2 - Dicas de Viagem

Autoanálise do seu Trabalho Online

Publicado em 24/08/2020

Pergunte a qualquer empresário de sucesso quais motivos do sucesso deles, e certamente vários colocarão na lista: ter a mentalidade certa. 
E isso se resume principalmente a se fazer as perguntas certas ao longo do dia e a cada momento-chave em seus negócios! 
Então, como você pode adotar o pensamento correto para o sucesso a partir de hoje? Comece lendo as principais perguntas que todo empreendedor deveria fazer:
ganhar dinheiro online

Como a minha atitude está impactando meus resultados? 

Preste muita atenção à sua mentalidade, porque atitudes negativas ou destrutivas podem surgir e sabotar o sucesso do negócio. Como empreendedor, você é o coração e a alma do seu negócio. 
Exercício prático: Quando algo não estiver funcionando no seu negócio, pergunte-se: 
A minha atitude está contribuindo para esta situação? Uma atitude diferente pode melhorar as coisas? 
Que atitude seria mais eficaz aqui? 

O que posso aprender com esse erro?

Você não deve gastar tempo se afundando em falhas e contratempos, e sim focar em usar esse tempo para resolver a situação. É claro que quando um erro ocorre você irá se decepcionar como todos nós, mas imediatamente se recupere e comece a procurar a resolução e posteriormente, a lição que aquilo traz. O sucesso real se baseia em uma pilha de falhas e os contratempos oferecem momentos valiosos de ensino que fortalecem os negócios com o tempo. 
Todo obstáculo e revés tem uma lição para ensinar, se você prestar atenção o suficiente! 
Exercício Prático: Pense no último erro ocorrido, seja há cinco meses ou cinco minutos atrás. Pergunte a si mesmo: 
O que posso aprender com isso? 
O que este erro está tentando me ensinar ou me lembrar? 
Como meus negócios (e eu) ficaremos melhores daqui a um ano por causa desse erro? 

Qual o melhor uso dos meus pontos fortes? 

É mais inteligente aproveitar suas próprias forças do que perder tempo tentando compensar suas fraquezas. No que você não é bom, procure alguém que seja, não fique sofrendo por não ser bom em tudo - em vez disso, opere no que você é melhor e se destaque por isso. 
Exercício Prático: Olhe para uma situação em que você sente dificuldade para executar. Pergunte a si mesmo: 
Qual a minha real dificuldade nisso? 
Eu posso fazer isso de outra maneira?
Como eu poderia usar meus pontos fortes para fazer isso?

Quem poderia fazer essa tarefa melhor ou mais rápido que eu?

Quando você responde as perguntas acima, você pode chegar a conclusão que certas atividades não são para você. Então você entende o valor da delegação e da contratação de especialistas. Não perca tempo tentando realizar uma tarefa da qual não tem aptidão; em vez disso,crie espaço para que outras pessoas brilhem e para que todos trabalhem de acordo com seus pontos fortes.
Exercício prático: Se você está se sentindo desconfortável com alguma tarefa, pergunte a si mesmo: 
Em quais dessas tarefas não sou muito bom? 
Quais dessas tarefas drenam minha energia e entusiasmo? 
Quem prosperaria nessas tarefas? 

Quais são os impactos a longo prazo?

Não deixe de pensar a longo prazo sobre suas ações. Se interesse em resultados rápidos, mas não à custa do sucesso a longo prazo. Pense nos impactos de longo prazo: público e imagem da marca, satisfação e sucesso do cliente, ganhos financeiros, sustentabilidade, etc. 
Exercício prático: Se você estiver tomando uma grande decisão, pergunte-se: 
Daqui a 10 anos, quando eu olhar para trás, essa escolha ainda será boa? 
A decisão que estou tomando agora, poderá de alguma maneira, impactar em algo no futuro?

Qual é o maior problema do cliente que podemos resolver agora?

Concentre-se em expandir as coisas que estão funcionando, mas também esteja sempre atento a novos problemas que precisam ser resolvidos. Preste atenção quando seus clientes expressam seus pontos negativos e frustrações (principalmente quando não é uma reclamação pontual) e procure maneiras de resolver esses problemas de maneiras novas. 
Exercício prático: Se suas vendas não estão boas, pergunte-se: 
Qual é o maior problema que meus clientes têm e que posso resolver? 
Como posso resolver esse problema em 1 semana?
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana