Como os Blogueiros de Viagem se Adaptaram à Pandemia - World by 2 - Dicas de Viagem

Como os Blogueiros de Viagem se Adaptaram à Pandemia

Publicado em 12/08/2020

Quando as notícias da pandemia surpreenderam o mundo e a economia parou de funcionar depois de uma década de crescimento econômico, a perspectiva do futuro ficou cinza, com as incertezas surgindo na vida de muitas pessoas.
Os países foram fechados, as pessoas estão trancadas para conter a propagação dessa pandemia e a indústria de viagens foi uma das primeiras a sentir o impacto, pois as pessoas pararam de se movimentar. Pequenas empresas, como pousadas e restaurantes que dependiam do turismo, ficaram sem dinheiro e muitas tiveram que fechar.
viagem covid
Parte das pessoas diretamente afetadas com tudo isso são os blogueiros de viagem (incluindo nós), um grupo de criadores de conteúdo que gerenciam blogs e mídias sociais com dicas e guias de viagem, geralmente de graça, e dependem fortemente de anúncios, patrocínios e boa vontade das pessoas para manter sua renda.
A mídia já vem cobrindo o destino de muitas grandes empresas do setor de viagens, como companhias aéreas e agências de viagens, mas e os pequenos como nós? Bem, ninguém melhor que nós mesmos para saber como esta pandemia tem os afetado e como estamos nos adaptando, então conversamos com alguns blogueiros para ver como eles estão lidando com um mundo onde as viagens são limitadas:
Ana Paula e Rogério, World by 2

Vamos começar contando a nossa situação. O projeto World by 2 para o ano de 2020 era viajarmos pela Ásia e Oceania durante cerca de 12 meses. Estávamos empolgados por conhecermos 2 novos continentes, e pegamos nosso voo para Bangkok antes da pandemia. Cerca de 1 mês depois tudo tinha mudado e os países vizinhos à Tailândia fecharam as fronteiras. Ficamos 3 meses no país criando conteúdo sobre a Tailândia e esperando tudo passar, mas não passava... Então decidimos abortar o projeto 2020 e voltar para o Brasil, sem data prevista de retorno às viagens. 
Nossa maior adaptação foi realmente voltar, o que não estava previsto. Continuamos criando conteúdo de viagens no blog e nas redes sociais, intercalando com dicas de marketing digital. 
Achamos importante manter o tema para pesquisas de planejamento de viagens futuras, pois as pessoas continuam querendo viajar, e tão logo seja possível, acreditamos que o setor votará com alta demanda, então já estamos nos preparando para isso.

Catia Noronha, blog Todas as Mães em Viagem 

Como a maioria dos blogueiros de viagens, tive uma queda tanto na produção de conteúdo quanto da audiência do meu blog Todas as Mães em Viagem, especializado em viagens com crianças. Tínhamos uma viagem marcada para julho para Portugal (onde iria produzir bastante tanto para o meu blog quanto para veículos de comunicação que sou colaboradora). Também tivemos que adiar a visita a um hotel que fomos convidados para conhecer em março, além de não irmos em um evento de campismo em família (que foi adiado). Bom, pausar o blog não estava nos meus planos, então tive que adaptar o assunto! No início da quarentena, quando praticamente tudo estava fechado, eu via muito meme do pessoal com saudades de café da manhã de hotel (quem não?). Então fui atrás de vários hotéis e resorts (em um momento que não havia sequer alguma previsão de abertura) e os coloquei em pauta novamente: os chefs de cada hotel liberaram a receita de algum item do café da manhã. A matéria que foi super bem recebida, fez o maior sucesso. Depois continuei publicando dicas para viajar sem sair de casa, como tours virtuais, dicas de filmes com destinos legais e até dicas de compras, como uma seleção de quebras-cabeça com paisagens de destinos - lembrando que em determinado momento não se falava em outro entretenimento a não ser montar quebra cabeça em casa (rs). Enfim, para adaptar o meu conteúdo nessa época de crise mantive o radar ligado para perceber o que a galera comentava, o que as pessoas estavam fazendo e sentindo falta. Também aproveitei esse tempo para colocar em ordem algumas funções do blog que eu já estava adiando há tempos. O acesso ao conteúdo com roteiros está voltando aos poucos, sinal de que as famílias estão se permitindo sonhar e planejar novamente quando for seguro viajar!

Ana Elisa Teixeira, blog Viagens e Rotas

Com o isolamento social e o turismo sendo praticamente cancelado neste ano, tivemos que inovar com outros conteúdos. Como eu já trabalho com turismo em outras frentes, além do blogue, tenho consciência que até 2023 teremos uma retomada extremamente difícil e será necessário inovar e até mudar alguns nichos.
Desde o isolamento focamos em conteúdos que mostrem nossa rotina em casa. Nos aventuramos nos clichês como panificação com fermentação natural e também em decoração no estilo "faça você mesmo". Publicações sobre faxinas também deram um up nas visualizações.
Como o blogue também é direcionado para área de gastronomia, conseguimos focar em bastante conteúdo de culinária, delivery e vendas nesse nicho. Todos nossos afiliados relacionados a turismo foram afetados, mas estamos buscando outras frentes em outros trabalhos. O mais importante é deixar o blogue ativo e com conteúdo novo para não perder o engajamento por SEO.
E o mais interessante, é que hoje os nossos posts mais lidos são os feitos na quarentena sobre panificação. Vamos nos adaptando!

Carolina Belo, blog Viajar Correndo

Falar sobre esse período é algo paradoxal. Isso porque, por mais que tudo o que aconteceu (e ainda está acontecendo) seja péssimo por um lado (medo, incertezas, perdas, mortes e distanciamento de pessoas queridas), também foi um período de crescimento e de descobertas para muitas pessoas. No início, fiquei extremamente chateada por todas as perdas que tive (financeiras, de treino, de provas, de viagens super planejadas e esperadas, de trabalhos e de convivências). Então, percebi que de nada ia adiantar eu ficar reclamando que eu estava em casa, que eu não podia treinar, que eu não podia sair, entre outros tipos de reclamações. Isso era, na verdade, um privilégio que muitas pessoas não estavam tendo naquele momento. Sendo assim, busquei me capacitar, através de cursos online e de diferentes tipos de leituras. Utilizei o tempo que eu não tinha no dia a dia conturbado para me reencontrar. Passei a mostrar outras coisas no blog e nas redes dele que pudessem levar um pouco de leveza para quem estivesse precisando (inclusive, receitas que se transformaram em momentos divertidos para as pessoas, uma vez que sou uma negação na cozinha). Afinal, não estávamos no mesmo barco, pois cada um tinha suas dores. No entanto, estávamos na mesma tempestade. E era o que eu podia fazer para ajudar. Embora a situação ainda não esteja melhor, e muito menos resolvida, tenho a esperança de que sairemos mais fortes disso tudo! É o que desejo para mim. É o que desejo para você. Um super beijo, Carolina.

Gaia e Nanda, Blog Mala de Aventuras

Olá! Aqui é a Gaia e a Nanda, do Mala de Aventuras, e vamos compartilhar um pouquinho como foi e está sendo a adaptação neste período da pandemia. 
Assim como outros produtores de conteúdo de viagem, de uma hora para outra vimos nosso planejamento do ano ir por água abaixo. 
Será que faria sentido falar sobre viagens em um momento tão crítico? Será que valeria a pena cultivar o sonho de viajar nas pessoas? Será que elas estariam com cabeça para isso?
Depois de quebrar a cabeça, encontramos uma forma de viajar sem sair de casa através da gastronomia. Desde então, "viajamos" para a Argentina, França, Itália, Tailândia, Peru e diversos outros destinos deliciosos! 
Além de fazer uma animada cobertura das nossas noites temáticas no InstaStories, fizemos também posts super completos com as receitinhas de cada destino.
E as mudanças não foram apenas no conteúdo, mas também na diversificação das fontes de renda.
Com a receita próxima de zero, tivemos que nos reinventar e investimos bastante na lojinha do Mala de Aventuras com a criação de novos produtos. 
Lançamos também um curso para Pinterest, unindo nossa expertise em marketing digital aos 7 anos de produção de conteúdo para o blog. 
E seguimos tentando inovar todos os dias, na esperança da retomada do turismo e da vida "normal"!

Jordana, blog Jô Viajou

"Minha rotina como blogueira mudou um pouco, o conteúdo do blog foi adaptado para as necessidades atuais ligadas a pandemia na cidade que moro. A audiência mudou um pouco sobre as viagens nacionais e internacionais, porém sobre as locais, aumentaram bastante e o conteúdo está sendo direcionado para o local. O modelo de negócio foi e está sendo reformulado por causa do novo viajante. A monetização já não há, mas estamos adaptando ao que estão buscando de novo com segurança para o viajante e seguindo as regras das medidas provisórias."

Anchieta Dantas Júnior, Blog Andarilho

Quando esta pandemia começou, eu já tinha duas viagens agendadas para o exterior no primeiro semestre de 2020. Obviamente, diante das restrições de ingresso impostas por quase a totalidade de países e por não me sentir seguro para embarcar, elas foram postergadas para 2021, quando eu acredito que vá ser possível voltarmos a viajar.
Ao mesmo tempo, o impacto sobre o trabalho como produtor de conteúdo de viagem foi extremamente impactado. Além de não poder conhecer novos destinos, as receitas oriundas do blog despencaram, com o cancelamento em massa das e dos contratos na prestação de serviço em curadoria de viagem.
Esse quadro, inicialmente, me tirou o ânimo para escrever. No entanto, depois de um período de ansiedade e preocupação, eu percebi que ainda assim seria possível produzir conteúdo interessante e de qualidade relacionado a viagens. Artigos informativos e inspiradores sobre o Brasil e o mundo.
Retomei a rotina de escrita e investi em conteúdo que gravitasse em torno do turismo, mas saindo dos habituais roteiros de viagem. Assim, gastronomia, vinhos, artes, comportamento e viagens virtuais viraram protagonistas do que tínhamos para mostrar.
O resultado tem sido muito positivo. Aos poucos, nossa audiência voltou a crescer, estamos mantendo a nossa marca viva e ativa na mente dos leitores e clientes.
As receitas ainda devem demorar a retornar aos níveis pré-pandemia. Mas o importante é não desistir!

Débora Santiago

Acredito que todo contratempo é uma oportunidade de adaptação.
Deixei de lado o clichê que diz que blogs de viagens só podem escrever sobre esse tema e adaptei meus textos para outros tipos de conteúdo. Dentre os temas abordados estiveram: como fazer home office com bebês, como deixar a casa mais aconchegante no período da quarentena, sobre pontos turísticos que sumiram do mapa e até sobre os streamings de filmes disponíveis no Brasil além do Netflix, entre outros assuntos.
Por um outro lado, também foi o momento de desengavetar projetos antigos. Aproveitei para dar uma repaginada no blog, mudando toda identidade visual, fazer atualização de posts antigos além de me atualizar num curso de SEO, para deixar o conteúdo preparado para o pós pandemia.
Também produzi um conteúdo muito útil para os amigos blogueiros, sobre os motivos pelos quais você não deve abandonar seu blog de viagens agora.
Dentre os projetos desengavetados, o que meu deu mais satisfação foi ter participado junto com outros 69 produtores de conteúdo de um guia de viagens solidário e voluntário, sem qualquer patrocinador: o guia “Lugares Apaixonantes pelo Brasil - 135 destinos em todo país”, onde o principal objetivo é arrecadar fundos para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade em função da pandemia. Deixando claro que, ainda não é seguro viajar, mas quando for, haverá uma infinidade de paraísos para visitarmos aqui mesmo, no Brasil.

Resumo

Agora que as viagens ficaram em segundo plano, os blogueiros estão aproveitando ao máximo esse tempo para analisar os aspectos mais recentes das viagens. Desde reformular sua estratégia de conteúdo até adquirir novas habilidades, estamos nos adaptando gradualmente aos novos tempos. Enquanto alguns estão mudando e criando conteúdo de gastronomia e autocuidado outros estão criando e-commerce, refazendo ou escrevendo ainda mais para seus sites. A maioria está mudando de carreira ou procurando novos produtos no setor de viagens, mas para todos a esperança é a grande causa comum.
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Um comentário:

  1. Olááá Ana Paula e Rogério!!! Muito bom ver o que os colegas blogueiros estão fazendo durante esse período tão incerto.
    É importante sabermos que não estamos sozinhos e que estamos buscando maneiras adaptadas de manter o que gostamos de fazer.
    Obrigada!!!
    Abraços,
    Carolina Belo

    ResponderExcluir

Mais vistos da semana