Turismo Sustentável - World by 2 - Dicas de Viagem

Turismo Sustentável

Publicado em 19/11/2020

As palavras “sustentável” e “responsável” se tornaram palavras da moda no turismo nos últimos anos, junto com “eco-friendly” como a mais nova palavra de marketing utilizada por muitas empresas de turismo e negócios de viagens.
Mas turismo sustentável. O que é mesmo? E por que o turista comum como você ou eu deve se preocupar com isso?
turismo sustentavel
Foto: Pine Watt
Conselhos de turismo e empresas de turismo podem se comprometer com práticas mais sustentáveis ​​em seus negócios. Mas até que nós, como turistas, devemos nos importar com a sustentabilidade e viagens responsáveis. Antes que eu possa responder à pergunta de por que o turismo sustentável deveria ser importante para você, primeiro preciso explicar o que “turismo sustentável” realmente significa.

O que é turismo sustentável?

Para a maioria das pessoas, “sustentável” é sinônimo de “amigo do ambiente”. Eles pensam em hotéis movidos a energia geotérmica, esforços de conservação ambiental e empresas preocupadas com suas pegadas de carbono.
E é verdade que ter consciência ambiental é uma grande parte de ser sustentável. Mas não é a única coisa a se considerar. Uma atração ou destino pode ser cheio de verde, com matas e plantas, e ainda assim não ser sustentável.

Quando se trata de sustentabilidade, existem três partes principais que podemos considerar como “pilares”. Esses pilares são ambientais, econômicos e socioculturais. Todos eles são igualmente importantes, assim como as quatro paredes são importantes para sustentar o telhado de uma casa. O turismo tem que ser sustentável em todas as três áreas para ser verdadeiramente considerado “turismo sustentável”.

Sustentabilidade ambiental

O meio ambiente é obviamente importante para o turismo - sem o lugar, o turismo não existiria. Tanto o ambiente natural (como praias, florestas e cursos de água) quanto o ambiente construído (como edifícios históricos e ruínas) devem ser preservados para que uma área seja ambientalmente sustentável. Uma forma de apoiar a sustentabilidade ambiental é a criação de parques nacionais e áreas de conservação para proteger os recursos naturais.
Sustentabilidade ambiental significa garantir que os recursos em uma área (sejam eles quais forem) podem ser preservados para uso por futuras gerações de moradores e turistas. E é muito mais do que apenas reutilizar toalhas em um hotel e chamá-lo de “sustentável”. Significa estar ciente do impacto que muitos visitantes podem ter em um destino e encontrar maneiras de tornar esse impacto o mais positivo possível.

Sustentabilidade Sociocultural

Quando uma área começa a ser visitada por turistas, é provável que haja alguns impactos sociais e culturais desses turistas na comunidade anfitriã. Os moradores locais podem ver o aumento do congestionamento e superlotação nas cidades, a introdução de novas línguas e valores, e talvez até mesmo um fluxo de trabalhadores migrantes para serem empregados na indústria do turismo. Alguns destinos podem até ver um aumento nos casos de pequenos crimes.
Sustentabilidade sociocultural, então, significa minimizar esses impactos negativos e focar nos mais positivos, como promover o intercâmbio cultural e preservar as tradições locais. Isso geralmente pode ser conseguido envolvendo os habitantes locais na indústria do turismo. 
Isso pode ser tão simples como encorajar o compartilhamento de costumes locais interessantes (como arte ou dança), ou tão envolvente quanto tornar mais fácil para os moradores iniciarem ou criarem novos negócios para atender os turistas.
Ter a comunidade envolvida não apenas oferecerá aos visitantes uma experiência mais genuína, mas os moradores locais terão mais probabilidade de ver o turismo de uma maneira positiva, pois terão um sentimento de propriedade e orgulho dele.

Sustentabilidade Econômica

O último pilar da sustentabilidade gira em torno, talvez, da parte mais importante: o dinheiro. Muitas pessoas não levam em consideração a economia ao pensar em sustentabilidade, mas é realmente a chave para tornar um empreendimento turístico sustentável.
Sustentabilidade econômica significa essencialmente manter o dinheiro local no local. Um hotel ou empresa pertencente e operado por um estrangeiro ou grande marca internacional provavelmente não contribuirá muito para a economia local - o dinheiro provavelmente “vazará” para o exterior. 
Isso não é sustentável no longo prazo porque significa que o destino não receberá o dinheiro do turismo e poderá começar a questionar a indústria do turismo como um todo. 
Comprar em um mercado, sítios e fazendas locais e/ou usar pousadas de moradores  em vez de em uma rede de lojas é outro exemplo de sustentabilidade econômica.
Não apenas a comunidade deve estar envolvida no turismo, mas todos devem também compartilhar os benefícios financeiros obtidos a partir dele, a fim de incentivá-los a se preocupar com os outros pilares da mesma forma.

Por que o turismo sustentável é importante?

Então, por que tudo isso importa? É evidente que o turismo sobreviveu até agora sem uma grande discussão sobre viagens sustentáveis ​​e responsáveis.
Mas aqui está o que devemos lembrar: foi apenas nas últimas décadas que o turismo realmente explodiu. Mais pessoas em todo o mundo têm renda disponível e um interesse em viajar hoje do que antes. Isso está sobrecarregando a indústria do turismo como um todo - e especialmente os destinos mais populares.
Por esse motivo, o turismo sustentável é extremamente importante no momento. 

Portanto, agora que você tem uma ideia melhor do que é turismo sustentável e por que ele é importante, como podemos garantir que estamos viajando com responsabilidade?

Primeiro leia nosso artigo com 5 Dicas para uma Viagem mais Sustentável.
Da próxima vez que você estiver dividido entre duas atrações ou destinos ou hotéis ou empresas de turismo, considere estas questões:
Qual é de propriedade local?
Qual deles emprega pessoas locais?
Qual deles contribui mais para a economia local?
Qual deles é mais sensível aos seus impactos na comunidade anfitriã?
Qual é o melhor para o meio ambiente?
Basicamente, qual é mais sustentável?

Coisas que são bandeiras vermelhas quando se trata de sustentabilidade incluem:
- Empresas que promovem passeios “locais”, mas empregam apenas guias não locais - lembra daqueles “vazamentos” de que falamos e como é importante para os moradores se envolverem no turismo para se sentirem responsáveis ​​por ele? As empresas que contratam exclusivamente guias ou motoristas não locais não são realmente sustentáveis, uma vez que grande parte do dinheiro que os turistas gastam com elas não fica no destino.
- Atrações que exploram pessoas ou animais - Não faça turismo em orfanatos. Não ande em elefantes. Não vá a templos de tigres. Basicamente, não participe do turismo que força pessoas ou animais a realizar tarefas degradantes ou dolorosas apenas para entretê-lo.
- Lugares antigos que têm excesso de turistas - Angkor Wat, por exemplo, não está sendo mantido ou preservado adequadamente, e os templos principais podem estar muito lotados. Não estou dizendo que você não deveria ir a lugares como este - apenas faça sua pesquisa e veja se há alternativas que você possa visitar, ou talvez uma época do ano menos lotada para ir.

Cabe aos governos locais (seja municipal, estadual ou nacional) fazer um trabalho melhor no apoio ao turismo sustentável (exigindo-o, até) para que possamos garantir um turismo melhor para o futuro. 
Mas também cabe a nós turistas e viajantes observar e apoiar aqueles que estão fazendo um trabalho correto até para incentivá-los a continuar.

*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
- Encontre onde ficar com a Booking.com
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana