5 Coisas Grátis para Fazer na Islândia - World by 2 - Dicas de Viagem

5 Coisas Grátis para Fazer na Islândia

Publicado em 07/01/2021

Não é nenhum segredo que a Islândia pode ser um lugar caro para riscar da sua lista de desejos.  O local está na nossa lista dos sonhos desde sempre... Mas ainda não conseguimos realizar.
Adicionar coisas gratuitas para fazer ao seu itinerário é a maneira perfeita de experimentar a Islândia sem estourar um orçamento! 
O fato é que as melhores coisas gratuitas para fazer na Islândia são as cachoeiras épicas e os parques nacionais... que são de graça! Então saímos um pouco dessas opções que obviamente já devem estar no seu roteiro e trouxemos mais 5 coisas grátis para fazer na Islândia:
islandia

Faça um Free Walking Tour - Dica Extra

Uma das nossas maneiras favoritas de nos orientar e aprender sobre um novo lugar é fazendo um passeio a pé. Já falamos sobre isso e para nós é a maneira perfeita de explorar uma cidade, ouvir alguns fatos interessantes e até mesmo ter novas ideias de coisas para fazer. Ambos City Walk e Free Walking Tours Reykjavik são altamente cotados e oferecem passeios gratuitos pela cidade. Não perca a oportunidade de conhecer alguns locais e ficar por dentro de tudo sobre Reykjavik.

Visite a Lagoa Azul

Sim, estou falando sério! Embora você não possa realmente entrar na lagoa de graça, é possível ver a paisagem e tirar algumas fotos incríveis sem pagar a pesada taxa de entrada. Adjacente à área turística de spa geotérmico da Lagoa, com a qual a maioria das pessoas está familiarizada, está uma área muito mais natural e tranquila.
Ao chegar ao Centro de Visitantes da Lagoa Azul pelo estacionamento, você verá um caminho saindo à esquerda. Este caminho contorna o lado natural da lagoa e é totalmente gratuito para explorar. Uma vez que não é permitido nadar nesta área (a água é fria de qualquer maneira), é o lugar perfeito para tirar fotos sem ninguém na água para fazer sua foto!
Se a ideia é gastar um pouco e visitar a Lagoa Azul, indicamos este Pacote de entrada com bebida e toalha.

Igreja Hallgrímskirkja

Um dos marcos mais icônicos de Reykjavík é a igreja Hallgrímskirkja em homenagem ao célebre poeta islandês do século XVII Hallgrímur Pétursson. O design moderno do edifício foi inspirado nas texturas naturais e paisagens do país, especificamente nas colunas de basalto encontradas na Praia Reynisfjara.
Sendo a maior igreja da Islândia e um dos edifícios mais altos do país com 240 metros de altura, há naturalmente uma vista fantástica da cidade lá de cima. Para chegar ao topo, você deve pagar uma taxa, no entanto, o resto da igreja está livre para explorar gratuitamente.

Mergulhe em uma Hot Spring

Por mais que eu recomende visitar a Lagoa Azul pelo menos uma vez, os preços podem ser um pouco salgados. Felizmente, existem outras fontes geotérmicas na Islândia que podem ser vivenciadas gratuitamente.
A cerca de 40 minutos de carro de Reykjavik (seguido por uma caminhada de 45 minutos do estacionamento) está o Reykjadalur Hot Springs Thermal River. Este rio geotérmico flui pelo Vale de Reykjadalur e é cercado por lindas montanhas. Quanto mais rio acima você caminha, mais quente fica a água. Tente entrar em pontos diferentes para encontrar sua temperatura ideal, mas preste atenção aos sinais de alerta. Algumas áreas, incluindo aquelas panelas quentes azuis brilhantes, estão fervendo.
Outra ótima opção é a Hveravellir Hot Spring, localizada a cerca de 2 horas ao norte de Reykjavik. Ela está situada entre duas geleiras, Langjökull e Hofsjökull. Este é um pouco mais difícil de chegar (veículos 4 × 4 são recomendados) e só pode ser acessado durante o verão.

Praia Nauthólsvík

Nauthólsvík é uma praia artificial completa com piscina geotérmica, banheira de hidromassagem e área para nadar em água fria. A areia dourada é um local perfeito para se bronzear nos meses mais quentes ou jogar uma partida de vôlei de praia. É um local popular tanto para moradores quanto para turistas, então certifique-se de chegar cedo, antes das multidões.

Jardim Botânico de Reykjavík

O jardim botânico é uma área externa que abriga mais de 3.000 espécies de plantas diferentes. Flores, esculturas e elementos aquáticos do Ártico também podem ser encontrados nos jardins. Cada planta é rotulada com espécies e gêneros. Embora a maioria dos sinais sejam em islandês, fique atento aos sinais com códigos QR para digitalizar que traduzam as informações para o inglês. A melhor época para visitar é no verão, quando visitas guiadas gratuitas de 30 minutos são oferecidas todas as sextas-feiras de junho, julho e agosto.

*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
- Encontre onde ficar com a Booking.com
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana