Peru | Guia de Machu Picchu - World by 2 - Dicas de Viagem

Peru | Guia de Machu Picchu

Publicado em 22/01/2021

Nas profundezas dos Andes peruanos, fica a mundialmente famosa cidade inca de Machu Picchu. Eleita uma das novas maravilhas do mundo, muitos a consideram uma parada obrigatória quando estiver na América do Sul. Seja fazendo uma caminhada pela famosa trilha inca ou viajando de trem, os turistas vêm de todos os lugares para ver as ruínas. 
O local se tornou tão popular entre os viajantes que regras e regulamentos para visitas foram introduzidos em julho de 2017. Você também descobrirá que chegar a Machu Picchu não é tão simples quanto você gostaria. Com várias trilhas e trens disponíveis, conseguir o melhor preço requer um planejamento futuro ou, em alguns casos, um senso de aventura. 
machu picchu
As ruínas de Machu Picchu é um dos locais mais impressionantes de toda América do Sul. Para muitos viajantes, é uma inclusão obrigatória em sua lista de desejos e uma visita obrigatória quando estiver no Peru. 
Como atração turística mais popular do país, o governo está tomando medidas para protegê-la. Em julho de 2017, novas restrições aos visitantes foram introduzidas, limitando o número de pessoas que visitam Machu Picchu a cada dia. 

Quando visitar Machu Picchu

Machu Picchu tem um clima notoriamente imprevisível, por isso é importante levar isso em consideração ao reservar sua viagem. Devido à localização do local na Cordilheira dos Andes e proximidade com a Bacia Amazônica, é possível vivenciar várias temporadas em um dia.
Nuvens e névoa podem descer sobre a área quase instantaneamente em qualquer época do ano, o que pode deixar as ruínas ocultas. Não pode haver nada pior do que chegar a Machu Picchu e mal poder ver as ruínas adequadamente.
Sua melhor aposta para evitar mau tempo e baixa visibilidade é visitar entre maio e setembro. Os meses mais claros tendem a ser junho, julho e agosto, mas são épocas de alta temporada e extremamente cheias.
Se preferir evitar o monte de turistas, opte por maio ou setembro, pois ambos ainda caem na estação seca. Infelizmente, não há maneira 100% infalível de garantir um bom tempo em qualquer época do ano.

Chegando a Machu Picchu

Para chegar a Machu Picchu, você deve chegar à cidade peruana de Cusco - que por si só é um Patrimônio Mundial da UNESCO.
Depois de chegar a Cusco, você pode escolher uma das 7 formas de chegar até Machu Picchu.

Caminhada para Machu Picchu

Para quem busca aventura, faça uma jornada a pé até Machu Picchu e admire paisagens incríveis ao longo do caminho. Uma série de trilhas estão disponíveis e podem ser reservadas em Cusco, sendo as duas opções mais populares:

Trilha Inca
Uma das caminhadas mais famosas do mundo, a trilha Inca, serpenteia entre uma floresta de nuvens, paisagens montanhosas pitorescas e várias ruínas incas. Com apenas 500 pessoas permitidas na trilha por dia, das quais 300 são guias e carregadores, você precisa se planejar com antecedência para adquirir uma das 200 licenças restantes.
Geralmente a trilha é completada em 4 dias, chegando a Machu Picchu no último dia do nascer do sol, no entanto, alguns operadores turísticos têm opções diferentes. Se você preferir uma caminhada mais curta ou mais longa, preste muita atenção ao itinerário oferecido para garantir que seja a rota oficial da trilha Inca.

Salkantay Trek
Uma alternativa popular para a trilha Inca, a caminhada Salkantay, passa por picos nevados e lagos glaciais deslumbrantes. 
Antes de reservar qualquer coisa, recomendamos a leitura de comentários sobre o operador turístico online. Se os preços parecem bons demais para ser verdade, provavelmente há um motivo - seja equipamento ruim, barracas com vazamento ou uma rota diferente.
Sempre verifique o roteiro com atenção e confirme com a operadora se a caminhada inclui tudo o que você precisa antes de desembolsar seu dinheiro.

Geralmente é possível reservar trilhas na chegada em Cusco, exceto para a trilha Inca devido ao número limitado de licenças. Esperar até que você esteja lá para fazer a reserva geralmente fará você conseguir um preço melhor, pois eles terão vagas a preencher e, portanto, estarão mais dispostos a negociar do que se você reservasse com antecedência.
Apesar disso, ainda é uma viagem que vale a pena fazer. As ruínas antigas são uma vista impressionante e não deve ser perdida se você estiver no Peru.
viajar peru machu picchu

Comprando sua passagem para Machu Picchu

Os ingressos estão disponíveis no site oficial de Machu Picchu, no Instituto Nacional de Cultura em Cusco ou no Centro Cultural Machu Picchu em Aguas Calientes. Como há um número limitado de ingressos por dia, reserve com antecedência para evitar decepções - especialmente durante a alta temporada. Ao fazer a reserva online, esteja ciente de que apenas pagamentos com Visa são aceitos e que a versão em inglês do site nem sempre funciona corretamente.
Você também pode optar por: 

Regras de Visita a Machu Picchu

Todas as regras de visitas podem ser conferidas no site oficial, nos documentos Regulamento de Visita e Modificações do Regulamento de Visita.
Indicamos ler os dois documentos atentamente!

Outras dicas 

Lembre-se de trazer seu passaporte ou RG civil. A apresentação do documento é obrigatória, pois é necessário combinar os dados da passagem com o seu passaporte. Você também poderá carimbar seu passaporte com um carimbo especial de Machu Picchu do lado de fora da saída. É um ótimo complemento para sua coleção!
Muitas pessoas chegam cedo para assistir ao nascer do sol, no entanto, devido à localização, geralmente há neblina matinal. Recomendamos visitar à tarde, pois geralmente é menos lotado, o que significa que você terá um pouco mais de tempo no lugar, terá melhores visuais e menos pessoas em suas fotos!

Altitude

Um problema que pode afetar enormemente sua viagem, a menos que você tome as precauções necessárias, é o mal-estar da altitude. Isso é especialmente importante se você planeja uma caminhada até Machu Picchu, pois o esforço físico o torna suscetível. Para prevenir os sintomas, passe alguns dias ajustando-se à altitude em Cusco - que fica a 3.399 m acima do nível do mar. Como Machu Picchu fica a 2.400 m de altitude, isso significa que você está adequadamente ajustado e não sente efeitos nocivos. Você também encontrará pílulas para o mal da altitude prontamente disponíveis em farmácias em Cusco, e pode usar uma variedade de produtos da Coca - como chá, doces, chocolate - que previnem os sintomas.

*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Encontre onde ficar com a Booking.com
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana