Camboja | Guia de Angkor Wat - World by 2 - Dicas de Viagem

Camboja | Guia de Angkor Wat

Publicado em 05/02/2021

Angkor Wat é um dos destinos turísticos mais famosos de toda a Ásia e o maior destaque do Camboja (está até na bandeira nacional), portanto, visitar Angkor Wat não é difícil. 
O que cria um desafio é não saber como planejar sua visita a Angkor Wat, já que milhões de turistas vêm a esta cidade antiga do Reino Khmer todos os anos e deixa a cidade MUITO lotada, então como sobreviver ao calor escaldante do Camboja e como explorar ao máximo templos icônicos sem um guia turístico?
Este Patrimônio Mundial da UNESCO em Siem Reap, uma cidade turística no noroeste do Camboja, se estende por 400 km² de terra e compreende cerca de 100 templos. 
Então, acredite em mim, visitar Angkor Wat sem um bom plano é uma tarefa dificil. Você vai perder tempo e paciência. 
angkor wat
Foto: Vicky T
É por isso que criei este guia, com todas as informações que você precisa saber. 
No entanto, antes de entrar nos detalhes de uma visita a Angkor Wat da maneira mais pacífica e organizada possível, é importante tocar na história básica desses magníficos templos:

História de Angkor Wat

Angkor é um complexo de templos construído no início do século 12 como um templo hindu dedicado a Vishnu para o Império Khmer. Depois ele se transformou em um templo budista no mesmo século e serviu como capital do Império do rei Suryavarman II. 
Angkor Wat é o templo central, icônico e mais famoso do Parque Arqueológico de Angkor Wat. É o maior monumento religioso do mundo e o local mais bem preservado de todo o parque. No entanto, desde o século 19, não é mais um local de prática religiosa. 
O nome se traduz em 'a cidade dos templos' e quando a UNESCO a adicionou à sua lista de Patrimônio Mundial em 1992, o número de turistas disparou de milhares para milhões. 
Além disso, ser um dos locais de filmagem de um filme de Hollywood, Lara Croft: Tomb Raider, estrelado por Angelina Jolie, também teve um grande papel em sua fama. 
Portanto, hoje o Parque Arqueológico de Angkor Wat é a principal fonte de renda de todo o país. 

Melhor época para visitar Angkor Wat 

Os templos são cheios durante todo o ano, mas a baixa temporada vai de junho a outubro, que é uma temporada de monções e traz menos multidões. Novembro a março é a alta temporada com muitos turistas e dias mais frios. 
O melhor equilíbrio entre o clima e as multidões é do final de novembro ao início de dezembro ou do final de fevereiro a março. 
Se possível, evite abril e maio , considerados os meses mais quentes do ano. 
No entanto, há multidões em meados de abril, devido ao Ano Novo Khmer.

Segurança ao visitar Angkor Wat 

Em geral, o Camboja é um país seguro para viajar. O crime mais comum aqui é o pequeno roubo, incluindo furto de carteira e roubo de bolsa. Como em qualquer lugar do mundo, é melhor ter cuidado com os arredores e manter seus pertences perto de você, especialmente ao andar de tuk-tuks. Há relatos de incidentes de pessoas em motocicletas que roubavam sacolas em tuk-tuks. 
Além disso, esteja atento aos macacos, pois eles também tendem a pegar sua sacola de comida quando menos se espera! 

Como entrar em Angkor Wat 

Todos os estrangeiros precisam comprar um ingresso que permite a você visitar todos os templos do Parque Arqueológico de Angkor, exceto Phnom Kulen e Beng Mealea. Existem ingressos adicionais para os dois últimos. 
Você DEVE comprar os ingressos na bilheteria oficial a 5 km de Angkor Wat. Se você comprar em outro lugar, não será válido. Você pode pagar em dinheiro ou com cartão de crédito. 
Cada ingresso terá sua foto tirada no ato da compra. Cubra os ombros e os joelhos ao comprar os ingressos, caso contrário, eles podem se recusar a vendê-los para você. 
A fila do ingresso pode ser MUITO longa, principalmente para o passe de um dia, então venha o mais cedo possível, ou depois das 17h e compre para o dia seguinte. 
Você também pode contratar uma Excursão com Guia para visitar o templo e então eles te ajudarão com o ingresso de entrada.
Você também pode fazer o Tour de 2 dias por vários templos de Siem Reap, o qual Angkor está incluído.

Código de vestimenta em Angkor Wat 

Nos últimos anos, o código de vestimenta para explorar Angkor Wat e outros templos foi estritamente aplicado devido aos múltiplos casos de fotografia de nus. 
É um local sagrado e religioso do qual os cambojanos têm muito orgulho, portanto, se você não seguir a etiqueta, poderá ser barrado. 

Não use (aplicável para homens e mulheres): 
Shorts, bermudas e saias acima do joelho 
Regatas, tops ou qualquer coisa revelando ombros ou barriga. 

Use
Roupas leves e respiráveis 
Sapatos confortáveis ​​porque você vai andar muito 
Em comparação com outros templos na Ásia, você não precisa tirar os sapatos ao visitar Angkor Wat ou outros locais dentro do território. 

O que levar ao visitar Angkor Wat

Ingressos
Câmera totalmente carregada (e até mesmo um carregador portátil)
Protetor solar e repelente de insetos
Chapéu
Óculos escuros
Garrafa de água
Lanches ou almoço (os moradores locais vendem nos templos, mas são mais caros do que na cidade)
Dinheiro

Como chegar a Angkor Wat saindo de Siem Reap

A melhor maneira de chegar a Angor Wat é alugar um tuk-tuk e a recepcionista do seu hotel ou pousada pode te ajudar com isso. 
Se você reservar o passeio de Angkor Wat com uma agência, é mais provável que o transporte esteja incluído. 
Caso queira explorá-la por conta própria, alugue uma bicicleta ou scooter por um dia e dê um passeio até lá. 
angkor wat siem reap
Foto: James Wheeler

Guia do templo de Angkor Wat

Angkor Wat 

Como mencionei acima, Angkor Wat é a peça central do complexo. Explore esculturas incrivelmente detalhadas e projetos arquitetônicos complexos de cair o queixo. 

Complexo Angkor Thom 

Traduzida como a 'grande cidade', Angkor Thom, situada a 3 km de Angkor Wat, foi a capital mais recente e mais sobrevivente do império Khmer, construída no final do século 12 pelo rei Jayavarman VII. 
Cobrindo uma área de 9 km2, Angkor Thom é outro complexo com vários monumentos de várias épocas. 
O templo do estado do rei, Bayon, fica bem no centro da cidade, com outros locais importantes reunidos ao redor da praça. 

Bayon 

Depois de Angkor Wat, o Bayon é o segundo local mais popular devido aos seus 216 rostos serenos e sorridentes esculpidos nas 54 torres de pedra. Os detalhes e o relevo das esculturas são absolutamente alucinantes, mostrando as cenas históricas, mitológicas e terrenas daquela época do Camboja em seus dois conjuntos de baixos-relevos. 

Ta Prohm 

Ta Prohm é outro local popular e não pode ser perdido ao visitar Angkor Wat. É o local de filmagem do Tomb Raider que mencionei acima. O que torna este templo encantador não é particularmente a arquitetura, mas a natureza que tomou conta e impactou o templo. As raízes das árvores dominam o exterior e se entrelaçam com as ruínas, o musgo adere às pedras e as folhas fornecem sombra aos templos e aos visitantes. Toda a área é transformada em tons de verde e cria uma atmosfera mágica, e até um pouco assustadora. 

Baphuon 

Localizado a uma curta caminhada de Bayon, o Baphuon é outro lindo templo que vale a pena visitar. Acessado por uma longa ponte, o templo tem forma de pirâmide com cinco níveis e escadas íngremes. No lado oeste do templo, você pode notar um Buda reclinado de 60 metros de comprimento esculpido diretamente na parede. 

Phimeanakas 

Acredita-se que este templo hindu construído no século 10 tinha uma torre dourada ou uma cúpula. Tem a forma de uma pirâmide de três camadas com uma torre no topo. Infelizmente, nenhum deles permanece até hoje, exceto a plataforma superior usada como um ponto de vista. 

Preah Khan

O templo de Preah Khan é um dos maiores templos do Parque Arqueológico de Ankor Wat, mas diferente da maioria dos templos montanhosos do complexo, seu design é em sua maioria plano.
Cercado por um fosso, Preah Khan possui 4 entradas, cada uma com uma ponte sobre o fosso, onde os visitantes são recebidos por estátuas de guerreiros e nagas.

Terraço dos Elefantes 

O rei usou o terraço como plataforma de observação para observar o retorno de seu exército. As esculturas de elefantes claramente visíveis no lado leste determinaram o nome do terraço. Você não precisa de muito tempo para explorá-lo, apenas faça uma pequena parada. 

Além de Angkor Wat

Banteay Srei

Localizado a cerca de 35 km ao norte de Angkor Wat, o pequeno templo hindu de Banteay Srei é considerado uma  joia da arte Khmer.
Dedicado a Shiva, seu nome significa “Fortaleza Feminina” e é o único templo construído não para um soberano, mas para um cidadão.
Sua principal característica é a cor vermelha de seu material (arenito vermelho), a pequena escala (quase uma  miniatura se  comparada aos templos de Agkor) e as belas e  intrincadas decorações
A localização é longe do centro principal de Angkor Wat, o que torna este local menos visitado pelos turistas com pouco tempo.
No entanto, a visita a Banteay Srei é especialmente recomendada para aqueles interessados ​​em admirar a arquitetura local do Camboja. O caminho para o templo passa por várias belas aldeias locais, e é possível admirar belas casas tradicionais de madeira e ter uma visão da vida rural local.

Mapa


*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
- Encontre onde ficar com a Booking.com
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana