Brasil | Amazonas - Melhores Atrações de Manaus - World by 2 - Dicas de Viagem

Brasil | Amazonas - Melhores Atrações de Manaus

Publicado em 20/05/2021

A maior cidade da Amazônia, Manaus é um próspero destino turístico brasileiro cercado por uma exuberante floresta tropical.
Os visitantes que passam algum tempo em Manaus descobrirão uma cidade gigante com muitas atrações impressionantes.
Não há como negar que Manaus é uma cidade cosmopolita com inúmeros atrativos turísticos atraentes, muitos dos quais relacionados à sua proximidade com a Floresta Amazônica, onde passeios, trilhas para caminhadas, passeios de barco (ao longo do Rio Negro e Rio Solimões) e fauna nativa atraem. A visão de araras vermelhas coloridas em pleno vôo é certamente uma experiência memorável.
Manaus Amazonas
Manaus possui muitos parques amplos com áreas de florestas preservadas, como o Parque do Mindu e o Bosque da Ciência, que são conhecidos por seus raros micos e macacos. Os turistas que visitam Manaus também gostam do Jardim Botânico Adolpho Ducke, onde a vida selvagem é abundante, junto com um restaurante que oferece linda vista enquanto você janta.

Veja as principais atrações de Manaus:

Praias Fluviais

Uma série de atraentes praias fluviais estão situadas a uma curta distância do centro de Manaus, muitas vezes sendo alcançadas de barco e no seu melhor entre agosto e novembro, quando o nível da água cai sensivelmente. A Praia de Ponta Negra é uma das mais visitadas e fica a apenas 13 km de distância, às margens do Rio Negro. Diversas atrações de lazer estão localizadas no entorno da Praia de Ponta Negra, incluindo um enorme anfiteatro com capacidade para acomodar um público de até 15 mil pessoas. A uma curta distância rio acima está a Praia da Lua, que é acessada por canoas a motor. Destaca-se também a Praia do Tupé, que fica um pouco mais longe de Manaus, cerca de 35 km e é frequentada por banhistas aos finais de semana.

Parque Municipal do Mindu

O Parque do Mindu fica a cerca de 6 km do centro de Manaus e se tornou um importante espaço de lazer na cidade, cobrindo uma área de aproximadamente 33 hectares. Criado no início da década de 1990, o Parque Mindu oferece uma série de trilhas interligadas e passarelas elevadas, além de um orquidário repleto de flores. Outras atrações notáveis ​​incluem jardins paisagísticos, várias iniciativas ambientais e um grande anfiteatro, onde são realizadas apresentações frequentes ao ar livre a cada ano. 

Jardim Botânico Adolpho Ducke

Localizado dentro de uma vasta reserva ecológica de 200 quilômetros quadrados de tamanho, o Jardim Botânico Adolpho Ducke contém uma enorme seleção da flora e fauna brasileiras, representando um corte transversal da vida abaixo da copa exuberante da floresta tropical da Amazônia. Uma rede de caminhos leva os visitantes a inúmeras atrações, como uma biblioteca, viveiros de plantas e um restaurante popular. Guias estão disponíveis caso você precise de ajuda para se orientar ou se deseja aprender mais sobre a abundância de vida selvagem que vive aqui.

Zoológico do CIGS (Centro de Instrução de Guerra na Selva)

Pertencente e operado pelo Exército Brasileiro, o Zoológico do CIGS é aberto ao público em geral e cresceu e se tornou uma atração popular adequando toda a família. O zoológico é especializado em animais nativos, muitos dos quais foram resgatados por soldados durante seu treinamento na selva amazônica. Existem cerca de 300 espécies diferentes vivendo aqui, como cobras sucuri, antas e onças, embora alguns dos recintos possam ser considerados um pouco pequenos e precisam de melhorias.

Bosque da Ciência

Abrangendo uma área de pouco mais de 12 hectares, o Bosque da Ciência é uma atração localizada no distrito de Petrópolis em Manaus e possui uma variedade de animais, alguns dos quais podem vagar livremente pelo terreno. Ao caminhar pelo local, mantenha os olhos atentos a macacos, preguiças e pássaros exóticos, que muitas vezes podem ser vistos no alto das copas das árvores. Outro grande destaque são os peixes-boi, que ocupam uma grande piscina, completa com uma área de observação subaquática. A Casa de Ciência está localizada no parque e vem com uma variedade de artefatos relacionados a vários temas, como garimpo de ouro e plantas medicinais.

Teatro Amazonas

Um marco local muito querido, o Teatro Amazonas foi inspirado na Opéra Garnier em Paris. O Teatro Amazonas foi inaugurado no final de 1895 e já foi restaurado quatro vezes. O espaço tem capacidade para 700 pessoas e já se tornou palco de uma série de eventos locais importantes, como o Festival Amazonas de Ópera, no mês de maio. Visitas guiadas regulares estão disponíveis, bem como apresentações de ópera gratuitas frequentes.

Prédio da Alfândega

Localizado próximo ao Mercado Municipal Adolfo Lisboa e ao cais, o prédio da Alfândega data da virada do século 20, quando foi construído em elementos pré-fabricados importados da Inglaterra, junto com pedras da Escócia. O prédio agora é protegida como um monumento nacional brasileiro e apresenta uma mistura incomum de arquitetura renascentista e medieval.

Centro Cultural Palácio Rio Negro

Anteriormente a casa de um rico barão da borracha da Alemanha, o Centro Cultural Palácio Rio Negro remonta ao início do século 20 e serviu por muitos anos como sede do governo, capital do estado e também como residência oficial do governador. Em 1997, este importante edifício passou por uma mudança de uso, sendo convertido em um centro cultural. Hoje, em vez de política e negócios do estado, os visitantes podem esperar exposições de arte, concertos sazonais e exibições de moedas, exibições interativas de som e imagem e artefatos regionais.

Cachoeira de Paricatuba

Situada no lado direito do Rio Negro, a Cachoeira de Paricatuba é um marco natural que vale a pena conhecer. Esta cachoeira é formada por um pequeno afluente que atravessa rochas sedimentares e é cercada por uma exuberante selva. O acesso à cachoeira é feito apenas de barco, sendo importante destacar que ela está em pleno fluxo entre os meses de agosto e fevereiro, quando seu aspecto é mais cheio.

Encontro das Águas

Uma ocorrência natural famosa que realmente merece ser vista é o Encontro das Águas,onde as águas negras do Rio Negro se encontram com as águas muito mais claras e barrentas do Rio Solimões. Embora não haja nada de incomum na confluência de rios, é o que acontece a seguir que é tão inesperado - as diferentes cores das águas correm lado a lado por mais de 6 km sem se misturar. Na verdade, o Rio Negro, mais escuro, parece quase uma mancha negra de óleo flutuando ao lado da água marrom do Rio Solimões. Existem várias razões pelas quais isso acontece, como a diferença na temperatura da água, taxa de fluxo e densidade.
Mas a vista desse encontro é muito bonita e vale a pena!

Museu do Índio

O Museu do Índio apresenta uma mistura de obras de arte, ferramentas de pesca, máscaras rituais e instrumentos musicais, todos originários dos estados brasileiros do Amazonas e do Pará, muitas vezes dos povos nativos da área do Alto Rio Negro. É importante notar que muitas das exposições carecem de descrições e explicações, por isso, às vezes, você pode achar difícil entender exatamente o que está olhando. 

Museu Amazônico da UFAM

O Museu Amazônico inclui um grupo de artefatos indígenas coletados e descobertos em toda a região amazônica. Em particular, fique atento às máscaras usadas nas cerimônias Kobewa e Ticuna, bem como as armas Yanomami e os primitivos cocares do Xingu, feitos com penas coloridas de papagaios.

Museu do Seringal

Uma curta e panorâmica viagem de barco que dura aproximadamente 25 minutos, o Museu do Seringal Vila Paraiso recria uma autêntica seringueira amazônica (seringal), típico daqueles encontrados no 'boom da borracha' do final do século XIX. As visitas guiadas incluem a oportunidade de explorar a casa geminada de um rico barão da borracha e o processamento do látex em uma tradicional casa de palha. Há também uma trilha que leva a algumas seringueiras, onde você poderá aprender exatamente como é extraída a borracha. Os barcos saem regularmente para o museu, saindo da Marina Davi. 
Muitos turistas que visitam o Museu do Seringal Vila Paraiso optam por fazer uma parada na popular Praia da Lua no caminho.

Museu do Homem do Norte

O Museu do Homem do Norte é o lugar para vir se você estiver interessado nos costumes e na cultura do Norte do Brasil, com exposições que incluem desde utensílios de cozinha históricos, ferramentas de caça e armas antigas, até trajes bem preservados e mostras com temas tanto antropológicos quanto etnológicos. De particular interesse são os artefatos relativos aos caboclos ribeirinhos, conhecidos pelas suas origens portuguesas.

Veja também


*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve seus passeios com a Get your Guide
- Encontre onde ficar com o Airbnb ou com a Booking.com
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana