O que Você Precisa Saber Antes de Visitar o Japão - World by 2 - Dicas de Viagem

O que Você Precisa Saber Antes de Visitar o Japão

Publicado em 15/06/2021

dicas viagem japão

Básico

Capital: Tóquio
Língua: Japonês
Moeda: Iene

Viagem

Validade do passaporte: Deve ser válido pela duração da estadia.
Visto de turista necessário: Para turistas brasileiros, o visto é exigido
Vacinações: Nenhuma vacina específica é necessária para entrada no país.

Segurança:

✅Viajar com precauções normais de segurança
Viajar com grau moderado de cautela
Viajar com alto grau de cautela
Evitar viagens não-essenciais
Não viajar

Hospedagem

Booking.com


Catástrofes naturais

O Japão se encontra em região geográfica de intensa atividade sísmica. Terremotos de baixa intensidade são frequentes, e há risco de terremotos de alta intensidade e tsunamis. Recomenda-se que os visitantes se informem sobre as medidas de segurança a serem tomadas em caso de desastres. Essas informações muitas vezes estão disponíveis em vários idiomas, inclusive português, em hotéis, aeroportos internacionais e centros de informação turística. 

Tufões
Os tufões raramente atingem Tóquio com intensidade superior a uma forte ventania, geralmente ocorrem entre junho/outubro e são previsíveis (são anunciados nos noticiários durante a previsão do tempo). São, porém, mais comuns e intensos a oeste do país, particularmente na ilha de Okinawa. 
Na iminência de um tufão, recomendam-se as seguintes precauções: não utilize os elevadores (existe a possibilidade de corte de energia elétrica); feche as janelas; muna-se de lanterna e estoque enlatados e água potável.

Furacões
• Caso algum furacão se aproxime, as autoridades deverão emitir alerta antecipado. É importante, nessas situações, identificar abrigos temporários; ter à mão casacos e roupas impermeáveis; guardar documentos (carteira de identidade, passaporte, etc.) em bolsas plásticas e procurar afastar-se de zonas costeiras. 
• Durante o furação, deve-se desconectar os serviços básicos de luz, água e gás; não acender velas, isqueiros, fósforos (mas pode-se usar lanterna); ficar afastado de portas e janelas; buscar abrigo em locais com paredes mais seguras e de dimensões menores (como banheiros, por exemplo); e procurar afastar-se de rios, lagos e do mar. Se for possível, recomenda-se manter ligado um rádio a pilha para ouvir recomendações das autoridades. 
• Após a passagem do furacão, deve-se verificar se o prédio em que se buscou abrigo sofreu danos significativos. Em caso afirmativo, deve-se abandoná-lo até que as reparações sejam feitas.

Tsunamis
Há riscos de tsunamis no país. Recomenda-se que cidadãos brasileiros permaneçam atentos aos comunicados emitidos pelas agências locais de meteorologia e sismologia quanto à incidência de desastres naturais. Em caso de ocorrência de tsunamis, cidadãos brasileiros devem seguir cuidadosamente as orientações de segurança das autoridades locais contatando, sempre que possível, alguma Embaixada ou Consulado do Brasil, que avaliará a possibilidade de evacuação.

Terremotos
• A ocorrência de terremotos é imprevisível, embora os movimentos das placas tectônicas sejam monitorados em todo o território do Japão. Em caso de terremoto, deve-se observar as recomendações de segurança definidas pelas autoridades japonesas. 
• Apague qualquer fonte de chama (fogão, gás, aquecedores elétricos e à querosene, ferros elétricos etc.); 
• Se estiver em uma residência, 1) não corra para fora, 2) abra as portas e janelas para evitar que empenem ou impeçam sua saída em caso de emergência e 3) procure se abrigar embaixo de uma mesa, evitando ficar perto de estantes, vidros e armários; 4) informe-se da situação e se há perigo de maremoto 5) esteja preparado para evacuar a área e ir para as “áreas seguras” (abrigos) de cada bairro levando consigo documentos, dinheiro, lanterna, água potável, comida, roupas de baixo, toalhas e kit de primeiros socorros (todos esses itens fazem parte do “kit-emergência” que a maioria dos japoneses deixam perto da porta ou da cabeceira);
• Se estiver em hotéis, restaurantes, cinemas, teatros, lojas de departamento e supermercados, não utilize os elevadores, mantenha a calma, e evacue a área seguindo as instruções do pessoal local que indicarão a área segura;
• Se estiver na rua, procure proteger a cabeça da queda de objetos e, principalmente, de cacos; evite ficar perto de postes e procure uma área aberta;
• Se estiver dirigindo, pare o carro imediatamente do lado esquerdo da rua, busque informações e, caso haja necessidade de evacuação, feche as janelas, deixe a chave no contato e a porta destravada (não deixe objetos de valor);
• Se estiver no vagão ou plataforma do metrô, não saia a menos que haja absoluta necessidade (existe o perigo, se sair indevidamente dos vagões, de choque elétrico ou atropelamento por outro trem), siga as instruções anunciadas nos auto-falantes.

Veja também


*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Encontre onde ficar com a Booking.com
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana