Trabalhar em Casa x Saúde Mental - World by 2 - Dicas de Viagem

Trabalhar em Casa x Saúde Mental

Publicado em 07/06/2021

Vamos falar de saúde mental. Não sou psicóloga, menos ainda psiquiatra, mas acho importante discutir saúde mental e ficar atenta. Eu tenho pequenas crises de ansiedade desde 2012 e quando comecei minha jornada de “trabalho autônomo” em tempo integral em 2016, eu não sabia dos efeitos colaterais com os quais estaria lidando.
Muitos veem a vida de “empreendedores, blogueiros, criadores de conteúdo, etc.” apenas pelas mídia sociais e assumem que nossa vida está sempre boa e até mesmo fácil, mas vamos nos lembrar que o que é mostrado na internet geralmente é apenas uma parte da nossa vida (no nosso caso uma parte bem pequena).
marketing saúde mental
Sim, admito que trabalhar para si mesmo, e em seus próprios termos, vem com muita liberdade, MAS de forma alguma é fácil e cheio de glamour. Desde que me tornei autônoma, não vou mentir, meu estresse diminuiu, mas minha ansiedade aumentou.
Lá em 2016 quando deixei meu emprego eu estava ciente de alguns obstáculos com os quais teria que lidar, mas nós nunca sabemos como nossa saúde mental vai reagir para superar esses obstáculos.
Hoje trago alguns sentimentos e situações que podemos ter ao nos depararmos com a vida de autônomos:

Ansiedade

A ansiedade pode ser difícil de explicar, principalmente porque é difícil apontar a causa. Sofro de ansiedade desde 2012. É uma batalha constante de “se convencer que está tudo bem” e tentar recuperar o fôlego. Às vezes, a ansiedade surge do nada e quando você menos espera.
Nunca tive grandes ataques de pânico, mas as crises de ansiedade já foram mais constantes por aqui.
Tente descobrir seus gatilhos. Um dos meus é não me dar um tempo. Eu sou o tipo de pessoa que precisa trabalhar constantemente. Fico ansiosa quando não estou trabalhando, pois minha renda vem exclusivamente do meu trabalho e acabo fazendo mais do que o necessário, não me dando um tempo de descanso. Quando percebo, já estou ansiosa precisando urgentemente de uma pausa das redes sociais.
Algumas maneiras de se ajudar: Torne-se um planejador de tempo, determine dias e horários de trabalho e de vida pessoal e cumpra-os. É muito importante lembrar de deixar seu trabalho de lado. Como você deve saber, trabalhar em casa é muito difícil às vezes. 
Depois de uma certa hora do dia me desconecto da tecnologia, vou ver uma série ou ler. 
Todos os dias da semana, (defini os finais de semana como proibidos para trabalhar a não ser por um caso urgente) saio um pouco para ver a luz do sol e pelo menos 1 vez durante a semana saio de casa, seja para ir comprar algo, para visitar meus pais ou jantar/tomar um vinho com uma amiga.
Aprender a respirar fundo e as técnicas de respiração realmente ajuda a acalmar meus nervos. Sempre que sinto que um ataque de ansiedade vai acontecer, paro o que estou fazendo e utilizo técnicas de respiração.

Solidão

Como um indivíduo autônomo que trabalha em casa, é fácil se sentir solitário, e com a solidão vêm os sentimentos de depressão.
Como você trabalha em casa, não há amigos do serviço para tomar um café ou almoçar juntos. Não há happy hour com colegas e até mesmo seus amigos estão trabalhando e não podem te dar atenção.
Não deixe esse sentimento de solidão tomar conta de você.
Algumas maneiras de se ajudar: Não há nada pior do que trabalhar em um espaço escuro. A luz do sol te faz sentir instantaneamente mais feliz, acordado e motivado. Tente deixar o máximo possível de luz solar em seu espaço de trabalho. 
Manter sua vida social (a de verdade, não das redes sociais) viva é importante. Como trabalhar em casa pode ser extremamente solitário, é importante que euvocê reserve horários para amigos, família e interações pessoais. Tente deixar o fim de semana para passar mais tempo com as pessoas próximas a você. 

Hábitos Alimentares Ruins

Isso é algo que comecei a sentir quando me tornei autônoma. Comecei a desenvolver hábitos alimentares inadequados. 
Muitas pessoas podem passar o dia comendo besteiras ou beliscando, já que trabalhar em casa te dá acesso à sua própria cozinha o tempo todo, mas o que aconteceu comigo foi o oposto.
Eu simplesmente esquecia de comer. O dia se passava e muitas vezes já estava terminando meu horário de trabalho e eu não havia comido nada. Aliás, eu mal havia saído da mesa, fosse para comer ou beber algo.
Algumas maneiras de se ajudar: Tenha uma rotina: eu não tenho uma rotina matinal de comer, apenas tomar um café ou cappuccino, mas hoje faço questão de parar para almoçar e ficar ao menos 30 minutos após almoçar sem trabalhar. Para me ajudar, coloquei um despertador no horário que defini para meu almoço.
Mas e se você tiver o problema oposto? Você está comendo o tempo todo? Coloque-se em uma rotina matinal para ter certeza de ter um bom café da manhã. E esconda ou não compre lanches e petiscos. É realmente a autodisciplina que ajudará com os maus hábitos alimentares. Lembre-se: você não é uma criança para não conseguir controlar suas vontades.
E o mais importante: Mantenha-se hidratado! Beba água durante todo o dia! 

Dicas gerais para se sentir bem

Deixe a tecnologia de lado 1 hora antes de dormir: é como seu tempo de “relaxamento”.
Tome uma ducha ou banho quente 40 minutos antes de dormir.
Mantenha-se no escuro ou em luz baixa: com pouca claridade, seu corpo começará a entender que é o momento de relaxar e colocar a mente para descansar. 
Se gostar, leia um livro antes de dormir que te deixe calmo e tranquilo.

Espero que isso tenha ajudado a garantir que você não está sozinho quando se trata de se estressar como trabalhador independente! É uma batalha constante. 
Mas sempre lembre-se de procurar um médico especialista sempre que achar que algo não está bacana com a sua saúde, seja ela física ou mental. 

Veja também

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana