Como e Quanto dar de Gorjeta na Europa - World by 2 - Dicas de Viagem

Como e Quanto dar de Gorjeta na Europa

Publicado em 31/08/2021

É cada vez mais conhecido o hábito de dar gorjetas ao viajar para determinados países, porém a prática ainda é confusa na Europa, seja em como dar a gorjeta ou em quanto dar de gorjeta, pois para quem viaja para a Itália, assim como no Brasil, a gorjeta já vem na conta, na forma de uma taxa de serviço, na Polônia a gorjeta deve ser dada diretamente ao garçom e na Noruega dar gorjetas pode parecer um afronte.
Dar gorjetas na Europa ainda é uma questão de educação e opção, e não uma obrigação como nos Estados Unidos por exemplo, onde você pode até ser perseguido na rua se decidir não dar gorjeta. 
Para sua facilidade, aqui está um resumo sobre gorjetas na Europa.
Gorjeta europa

Como e quanto dar de gorjeta na Europa

A quantia esperada da gorjeta na Europa em geral é de cerca de 5 a 15% da conta e o normal é darmos 10%. Na Europa, dar gorjetas em dinheiro é sempre a melhor maneira. Pagando com cartão, não há garantia de que chegará às mãos do seu garçom.
O arredondamento da conta no momento do pagamento é a forma mais usual de dar gorjeta, por exemplo, uma conta de 27 € você paga 30 € e diz "obrigada". É quase universal na Europa simplesmente dizer “obrigado” para que o garçom saiba que não precisa devolver troco. 
Ao pedir comida ou bebida em um balcão para levar, nenhuma gorjeta é esperada.
Confie em seu instinto. É sempre melhor dar uma gorjeta em dinheiro e entregá-la diretamente à pessoa que te atendeu. Leia o cardápio e a fatura para ver se uma taxa de serviço foi incluída e, quando justificável, uma aposta segura é de 10% da fatura.
Além disso, quando se trata de moedas diferentes, o normal é dar a gorjeta na moeda local e no caso de não ter a moeda local, dê a gorjeta em euros.

Gorjetas na Europa por país

Áustria: Pequenas quantias são o comum. É muito comum deixar algumas moedas de euro na mesa, mas não precisa ser mais de 10%. 
Bélgica: Você não precisa dar gorjeta na Bélgica visto que há uma taxa de serviço.
Croácia: A gorjeta geralmente não é comum na Croácia. Os servidores geralmente são bem pagos e a gorjeta só é dada em caso de um serviço excelente.
República Tcheca: as taxas de serviço em bons restaurantes estão se tornando cada vez mais comuns. Se por acaso a taxa de serviço não estiver inclusa na conta, você pode deixar 10% para seu garçom.
Dinamarca: Dar gorjetas não é comum na Dinamarca, a menos que você sinta que teve um serviço excepcional.
Inglaterra: Espera-se algum tipo de taxa de serviço. Olhe para a conta, se nenhuma taxa de serviço estiver incluída, uma gorjeta em torno de 10% é considerada uma cortesia comum.
Estônia: Não é costume dar gorjetas.
França: Em jantares finos a taxa de serviço está quase sempre incluída na conta, e é cerca de 15%. No entanto, isso não significa que ele sempre vai parar no bolso do servidor, não se preocupe, eles gentilmente irão lembrá-lo disso. A França pode ser difícil e quase sempre é melhor seguir seus instintos. Se a gorjeta parecer alta para uma refeição razoável, apenas arredonde o valor ou deixe alguns euros. No entanto, se a sua refeição custar centenas de euros, não pense que terá folga na hora de pagar, os franceses são bem chatos nesse ponto.
Alemanha: Paga-se 10 a 15% da conta diretamente ao garçom.
Grécia: A gorjeta na Grécia varia de acordo com quando e onde você está comendo. Em alguns lugares, a gorjeta pode até ser recusada, como em uma taverna familiar local. Em outros lugares, uma simples gorjeta de 1-2 € na mesa é adequada, enquanto se come em bons restaurantes deve-se dar uma gorjeta padrão de 10%. 
Hungria: As gorjetas são esperadas na Hungria, e o valor de 5 a 10% em dinheiro para seu garçom é o suficiente.
Itália: Você não dá gorjeta. Há uma taxa de serviço conforme indicada no menu e os próprios italianos não dão gorjeta. Gorjetas em cafés também não são esperadas.
Noruega: Dar gorjetas na Noruega é praticamente inédito. A taxa de serviço já estará inclusa na conta.
Polônia: Dar gorjetas na Polônia é bastante comum. Uma gorjeta de 10% é comum e a dica deve ser dada diretamente ao seu garçom.
Romênia: as gorjetas na Romênia não são obrigatórias, mas não deixar uma gorjeta significa que você está insatisfeito com o serviço. 5 a 10% é o comum.
Rússia: 10% em dinheiro e entregue diretamente ao garçom.
Escócia: ao jantar na Escócia, espere uma gorjeta de cerca de 10%.
Sérvia: Em geral, não se espera que gorjetas, pois uma taxa de serviço já está incluída nos preços do menu, mas geralmente uma gorjeta de 5 a 10% é paga no caso de um bom serviço.
Eslováquia: Dar gorjetas na Eslováquia não é padrão, mas arredondar a conta para cima é bastante normal.
Espanha: Adicionar um ou dois euros na conta para cada pessoa em sua mesa é o suficiente.
Suécia: Assim como na Noruega, haverá uma taxa de serviço ou você não deverá dar gorjeta.
Suíça: Gorjeta em torno de 5 a 10%, mas isso não é esperado.
Turquia: Em dinheiro, na mão do garçom, em torno de 10%. Se você passar a gorjeta no cartão é muito difícil que ela chegue até o garçom.

Veja também

*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve seus passeios com a Get your Guide
- Encontre onde ficar com o Airbnb ou com a Booking.com
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana