O que Você Precisa Saber antes de Visitar o Chile - World by 2 - Dicas de Viagem

O que Você Precisa Saber antes de Visitar o Chile

Publicado em 29/10/2021

dicas viagem chile

Básico

Capital: Santiago
Língua: Espanhol
Moeda: Peso Chileno

Viagem

Validade do passaporte: Deve ter validade para duração da estadia. Turista Brasileiro pode entrar no país com a cédula de identidade (clique para saber mais)
Visto de turista necessário: Para turistas brasileiros, dispensa de visto para até 90 dias.
Vacinações: Nenhum comprovante de vacinação é obrigatório.

Segurança:

Viajar com precauções normais de segurança
✅Viajar com grau moderado de cautela
Viajar com alto grau de cautela
Evitar viagens não-essenciais
Não viajar

Principais destinos   

As principais áreas turísticas do país são Santiago, Valparaíso e estações de esqui, no centro do país; o Deserto de Atacama, no norte; e a região de lagos, canais e fiordes, no sul. 
Em geral, o tráfego é bastante ordenado em todo o país, com exceção da capital, que tem engarrafamentos em certas horas do dia. 
Os problemas mais comuns nas cidades de maior atração para os turistas brasileiros são eventuais ocorrências de furtos e roubos.

Requisitos de entrada     

Os documentos que habilitam cidadãos brasileiros a ingressar no Chile são passaporte ou cédula de identidade civil (RG). 
Ao turista poderá ser, ainda, solicitado provar que tem meios suficientes para custear sua estada no Chile e que possui passagem de retorno.

Formulários alfandegários   

É muito importante para o turista brasileiro guardar bem o cartão de ingresso no Chile, que deverá ser apresentado na saída do país junto com o passaporte ou a carteira de identidade. A não apresentação do cartão de entrada poderá gerar complicações.

Hospedagem

Booking.com


Seguro Saúde

O sistema de saúde pública do Chile é gratuito apenas para chilenos e residentes no país. 
Cidadãos estrangeiros devem pagar pelo atendimento e consultas, mesmo em hospitais públicos. Grandes hospitais no país geralmente aceitam cartões de crédito, mas muitos médicos e hospitais chilenos esperarão pagamento imediato, em espécie, antes de tomarem qualquer providência médica. 
Seguro internacional de saúde torna-se, então, necessário para cobrir determinadas despesas médicas no Chile.

Infraestrutura turística  

Os roteiros mais comumente seguidos pelos turistas são aqueles que, partindo de Santiago, demandam Valparaiso-Viña del Mar, La Serena, Calama-Deserto de Atacama, estações de esqui e região de lagos, canais e fiordes. 

Santiago        
Santiago, que comporta aproximadamente um terço da população do país (6 milhões), é o centro político e cultural do Chile. O crescimento econômico, nas últimas décadas, impulsionou o crescimento da cidade, que apresenta, hoje, notável desenvolvimento urbanístico. 
Possui um dos melhores índices de qualidade de vida na América Latina e ocupa a posição 93 no “ranking” mundial, e terceiro lugar na América do Sul.
Avenida Alonso De Cordova: Trata-se de uma avenida muito exclusiva na comuna de Vitacura. Casarões que um dia pertenceram a famílias da elite santiaguina, foram se convertendo pouco a pouco em joalheiras, boutiques de luxo, galerias de arte ou restaurantes de qualidade.
El Golf: É um dos principais centros de negócios da capital, na comuna de Las Condes. As casas antigas, projetadas para a classe alta de meados do século XX, convivem com edifícios corporativos modernos, restaurantes e hotéis.
Bairro Italia: Considerado o novo centro de design da capital. Setor localizado entre as comunas de Providencia e Ñuñoa. É possível encontrar galerias de arte, antiquários e restaurantes.
Bella Vista: Seu desenvolvimento começou na época colonial. Ao longo dos anos acolheu artistas e intelectuais como Pablo Neruda. Foi uma zona católica e aristocrática, e hoje é conhecida por sua variada oferta cultural, bares populares, arte de rua e restaurantes de gastronomia nacional e internacional. Fica no limite entre as comunas de Recoleta e Providência.
Lastarria-Bellas Artes: Bairro nascido ao leste do centro cívico durante o século XIX, e cuja influência européia é bem marcada. Destacam-se no bairro o Museu Bellas Artes, Parque Forestal, Cerro Santa Lucia, feiras de antiguidades e o Centro Gabriela Mistral. É parte da comuna de Santiago Centro, no limite com a de Recoleta.
Centro: Entre a “Plaza de Armas” e “Plaza de la Constitución” estão os principais edifícios públicos, museus, igrejas e monumentos históricos da cidade. Lá pode-se explorar a historia de Santiago, desde sua fundação em 1541. Destacam-se a Catedral de Santiago, o antigo Congresso Nacional, o Palácio dos Tribunais e do Palácio de La Moneda.

*Planeje sua viagem:

- Encontre passagens pela Passagens Promo
- Encontre onde ficar com a Booking.com
- Faça seu seguro viagem com a Seguros Promo
- Reserve uma casa pelo Airbnb
- Já saia com internet no celular com a EasySim4U
* Usando os sites parceiros, nós recebemos uma pequena comissão, mas você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog sempre atualizado!
0 comentários via Blogger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais vistos da semana